ShakeUp Power 100

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Anorexia ao extremo

Eu recebi por email e não sei quem é o autor.

Encontrei no blog Ciência e Vida - David Oliveira e creditarei assim. Se estiver errado e o autor se comunicar eu colocarei o devido crédito com o maior prazer.
GermanoCWB

Anorexia Nervosa



Anorexia nervosa é um transtorno alimentar no qual a busca implacável por magreza leva a pessoa a recorrer a estratégias para perda de peso, ocasionando importante emagrecimento.

As pessoas anoréxicas apresentam um medo intenso de engordar mesmo estando extremamente magras. Em 90% dos casos, acomete mulheres adolescentes e adultas jovens, na faixa de 12 a 20 anos. É uma doença com riscos clínicos, podendo levar à morte por desnutrição.



O que se sente?
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Perda de peso em um curto espaço de tempo.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Alimentação e preocupação com peso corporal tornam-se obsessões.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Crença de que se está gordo, mesmo estando excessivamente magro.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Parada do ciclo menstrual (amenorréia).
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Interesse exagerado por alimentos.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Comer em segredo e mentir a respeito de comida.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Depressão, ansiedade e irritabilidade.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Exercícios físicos em excesso.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Progressivo isolamento da família e amigos.




Complicações médicas
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Desnutrição e desidratação.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Hipotensão (diminuição da pressão arterial).
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Anemia.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Redução da massa muscular.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Intolerância ao frio.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Motilidade gástrica diminuída.
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Amenorréia (parada do ciclo menstrual).
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Osteoporose (rarefação e fraqueza óssea).
http://www.abcdasaude.com.br/imagens/botoes/sxicon0.gif
Infertilidade em casos crônicos.





Quais são as causas?

Não existe uma causa única para explicar o desenvolvimento da anorexia nervosa. Essa síndrome é considerada multideterminada por uma mescla de fatores biológicos, psicológicos, familiares e culturais. Alguns estudos chamam atenção que a extrema valorização da magreza e o preconceito com a gordura nas sociedades ocidentais estaria fortemente associada à ocorrência desses quadros.




Como se desenvolve?

A preocupação com o peso e a forma corporal leva o adolescente a iniciar uma dieta progressivamente mais seletiva, evitando ao máximo alimentos de alto teor calórico.

Aparecem outras estratégias para perda de peso como, por exemplo: exercícios físicos excessivos, vômitos, jejum absoluto.

A pessoa segue se sentindo gorda, apesar de estar extremamente magra, acabando por se tornar escrava das calorias e de rituais em relação à comida. Isola-se da família e dos amigos, ficando cada vez mais triste, irritada e ansiosa. Dificilmente, a pessoa admite ter problemas e não aceita ajuda de forma alguma. A família às vezes demora para perceber que algo está errado. Assim, as pessoas com anorexia nervosa podem não receber tratamento médico, até que tenham se tornado perigosamente magras e desnutridas.




Como se trata?

O tratamento deve ser realizado por uma equipe multidisciplinar formada por psiquiatra, psicólogo, pediatra, clínico e nutricionista, em função da complexa interação de problemas emocionais e fisiológicos nos transtornos alimentares.

Quando for diagnosticada a anorexia nervosa, o médico deve avaliar se o paciente está em risco iminente de vida, requerendo, portanto, hospitalização.

O objetivo primordial do tratamento é a recuperação do peso corporal através de uma reeducação alimentar com apoio psicológico. Em geral, é necessário alguma forma de psicoterapia para ajudar o paciente a lidar com sua doença e com as questões emocionais subjacentes.

Psicoterapia individual, terapia ou orientação familiar, terapia cognitivo-comportamental (uma psicoterapia que ensina os pacientes a modificarem pensamentos e comportamentos anormais) são, em geral, muito produtivas.

Para o quadro de anorexia nervosa não há medicação específica indicada. O uso de antidepressivos pode ser eficaz se houver persistência de sintomas de depressão após a recuperação do peso corporal.

O tratamento da anorexia nervosa costuma ser demorado e difícil. O paciente deve permanecer em acompanhamento após melhora dos sintomas para prevenir recaídas.




Como se previne?

Uma diminuição da pressão cultural e familiar com relação à valorização de aspectos físicos, forma corporal e beleza pode eventualmente reduzir a incidência desses quadros.

É fundamental fornecer informações a respeito dos riscos dos regimes rigorosos para obtenção de uma silhueta “ideal”, pois eles têm um papel decisivo no desencadeamento dos transtornos alimentares.



Estes transtornos alimentares matam? Sim, matam. Já fizeram muitas vítimas. A mais famosa delas foi Karen Carpenter (para mim, uma das maiores cantoras de todos os tempos). Um dia vou fazer um post exclusivo para ela. Mas a sua obsessão em emagrecer levou-a a anorexia e dali a uma parada cardíaca. Antes de morrer, ela já estava estéril e com problemas hormonais.


Veja mais algumas fotos:










2 comentários:

Li Zi disse...

eu quero essa barriga...

João Germano Teixeira disse...

Olá LiZi
Obrigado pela visita e pelo comentário.
Uma barriguinha bem definida é muito legal, mas não deve ser um objetivo em si.
Garanto que há em você muito mais do que o espelho mostra e que é muito mais importante para as pessoas que te conhecem.
Seja feliz.
Abs
Germano

Postar um comentário

Agradeço muito seu comentário, porém comentários ofensivos, ou em CAIXA ALTA, ou escritos em miguxês, ou ainda em internetês serão deletados.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Walgreens Printable Coupons